Raça sim, racismo não!

Todos sabemos que no mundo em que vivemos existe desigualdades não só desigualdade sociais como também aquela que existe de ser humano pra ser humano.

Pense comigo (ou tente, pelo menos): porque países insiste em invadir outros países com desculpas esfarrapadas de acabar com o terrorismo, e nada faz naquele outro que existe milhares de famintos? Porque não adapta o que Robin (Holly)Wood fazia, invade um país rico para dar aos pobres?

A resposta é simples: Essa guerra não teria lucros.

Quando falo em racismo, o que te vem à mente? Provavelmente algo relacionado com a pigmentação da pele.

Raramente se encontra alguém que não esquece de outras diferenças que separa os seres humanos: sociais, econômicas, culturais, políticas, religiosas...Um abismo verdadeiramente grande, abissal, criado por nossas mentes incapazes de aceitar diferenças.

Quando tratamos de racismo ficamos ainda na periferia da verdade, deixamos de ldo situações que nos separam verdadeiramente. Assistimos sem nos sensibilizar com as fortunas que são gastas em uma guerra, não nos afeta em nada o fato de um trabalhador ser demitido, não nos sentimos atingidos pelos crimes hediondos (exceto quando a nossa querida mídia sensacionalista resolve expor algo), nem nos sensibiliza a dor da fome e da morte de milhares de pessoas pelo mundo. Ainda continuamos na periferia da verdade.

O ser humano aprendeu a voar como os pássaros em naves cada vez mais potentes e vai de um lado ao outro do planeta, ultrapassando barreiras do nosso mundo, aprendeu a se comunicar de várias formas com lugares do outro lado do planeta, aprendeu a criar robôs que substituem a mão-de-obra (ou seria, mão de obra?) humana, aprendeu a chegar em outros planetas. Mas ainda existem pessoas sendo julgadas pela cor de sua pele, por sua cultura, opção sexual, origem, religião e nível social. Ainda nos escondemos atrás de nossos próprios julgamentos de superioridade. Ainda não aprendemos a arte tão bela e tão nobre de aceitar o diferente.

Será que um dia seremos humildes o suficiente para aceitar as diferenças que existem entre nós?

34 comentários:

Carlos Junior disse...

Nao caloteiras msm

bom texto, bom blog e otimo layout

vo seguir

segue o meu se der

http://vascaominhapaixao.blogspot.com/

tiu disse...

'

realmente, o MUNDO seria teria mais paz. sem essa coisa de recismo, preconceito.

o blog ta maneiro.
parabens

Mulherão disse...

Vivemos de rótulos. É o branco, o negro, o indio, o pobre, o rico, o país que tem uma população mais pobre, maior poderio bélico e por ai vai...
A preocupação deveria ser se as pessoas vivem bem, se são saudavés, porque no final das contas todos somos feitos de carne e osso, têm necessidades, precisam de paz.
O desejo e a ideia de superioridade está deformando o carater, e acabando com o mundo.

Beijos.

A'ZaF disse...

O dia que não existir racismo ou qualquer tipo de preconceito será um marco histórico para a humanidade, estaremos a um passo de nos tornar um lugar melhor de viver e conviver uns com os outros...

Mas temo que isso não vá acontecer tão cedo :x, o ser humano ainda não aprendeu aceitar as diferenças...

http://paranoiaelucidez.blogspot.com/

Carlos Junior disse...

O dia que não existir racismo ou qualquer tipo de preconceito será um marco histórico

resumiu bem

Net Esportes disse...

Concordo plenamente com sua opinião, racismo é ridículo, mas estamos evoluindo aos poucos, Obama é prova...... agora tenho que discordar em um ponto ali, eu não sou rico e gosto muitos das história de Robin Wood, mas essa folosofia é totalmente furada para a nossa realidade, tirando os ricos corruptos claro, eles não tem culpa de serem ricos, não tem essa de tirar do rico e dar aos pobres, os ricos de bom coração já dão sem que alguem tenha que tirar deles, roubar é errado em qualquer circunstânicia......

soublogueiro disse...

Oww, seu blog não é Opnião Inútil nãooo.
Li tudinho, achei bem interessante!
O que você falou é verdade, o ser humano sabe voar melhor que uma ave, todavia existe algumas coisas que travam o progresso "espiritual" como o racismo, preconceitos variados, altismo, pedância.. etc!

Groo disse...

A indústria bélica faturou, em 2008, US$ 1,3 trilhão ( tri, não bi e nem mi) com as guerras e conflitos no mundo inteiro.

O preconceito, o racismo, a intolerância religiosa são altamente lucrativas. Não há crise no setor bélico.

Serve também para a manutenção do status quo. Cada um em seu lugar. Condomínios fechados com altos muros, arames farpados, seguranças armados e câmeras de segurança por todos os lados. Já reparou o tamanho das cozinhas nesses apartamentos atuais? A madame não fica lá, espremida. A empregada é quem fica. E não se mistura com os senhores de engenho.

E assim vamos seguindo, dividindo e excluindo. Porque muita gente ganha com isso.

abs

Jude disse...

Super bem escrito seu texto.

Racismo e qualquer tipo de preconceito é a pior coisa que pode haver num ser humano

www.a-setima-efervescencia.blogspot.com/

ALiNE PATRíCIA disse...

Racismo é algo ridiculo mesmo, mas o duro é admitir que ele ainda existe, e continuará existindo já que é algo que vem lá de trás, do nosso passado...
E enquanto essa falta de consciencia durar, nós negros teremos que ser 10 vezes melhores, para viver e crecer em um mundo que ainda julga as pessoas pela cor de sua pele... ^^

Beijos, ah, e a opinião n]ão é inútil, vale muito!

Léo disse...

Tem uma musica do Rappa que diz assim: "Cor da pele foda-se", adorei seu blog vou me tornar um seguidor. e esse blog não tem nada de inutil viu?

me visite

http://leozukinho18.blogspot.com/

abraço e bom dia

Gabi Barth disse...

Concordo com tudo falado no texto. Mas uma coisa me chamou atenção.

"não nos sentimos atingidos pelos crimes hediondos (exceto quando a nossa querida mídia sensacionalista resolve expor algo)"

Se a TV mostrasse TUDO que acontece do mundo, talvez as pessoas se tocassem do que realmente acontece. É que nem no caso Isabella, que as pessoas choraram, se revoltaram e... esqueceram. Esqueceram quando a tv parou de passar.


Gostei do blog! ótimos textos :)
:***

╬ Nothing has sense ╬ Felipesfr disse...

oi.. estou fazendo esse comentário.. pra te indicar a receber esse selo que te dou..

http://gothicpoesia.blogspot.com/2009/01/mais-um-selo.html

patabens pelo blog

Eu mesma disse...

pois é amiga!!! E viva as diferenças. Mas desde que o mundo é mundo, existem guerrar, parece que os "homens" não vivem sem demonstrar o seu "poder"...

Eu mesma disse...

pois é amiga!!! E viva as diferenças. Mas desde que o mundo é mundo, existem guerrar, parece que os "homens" não vivem sem demonstrar o seu "poder"...

Eu mesma disse...

pois é amiga!!! E viva as diferenças. Mas desde que o mundo é mundo, existem guerrar, parece que os "homens" não vivem sem demonstrar o seu "poder"...

Hackers! disse...

poois é.
beem legal esse texto disperta interesses
parabens
sucesso

Jr.Entretenimento disse...

racismo nunca!!!

¢auê. disse...

isso ñ eh uma opinião inutil ñ!

Eu mesma disse...

Tem um selinho pra vc em meu blog ^^

Marcelo Leite disse...

Utilissimo post

Wandinha disse...

Infelizmente o preconceito é algo inerente a raça humana, pelo fato de que o homem só enxerga a verdade por sua perspectiva pessoal. Portanto, tende a ter idéias preconcebidas sobre determinados aspectos, culturas, raças etc. Porém, isso não significa que devemos nos acomodar. Temos um cérebro, coloquemo-lo em funcionamento! Cabe a nós nos adaptar as situações e limitações humanas, aceitando-as ou rejeitando-as. Escolha, inteligência... Isso nos diferencia dos animais... se não as usamos, que será de nós? kkkkkkkk

Tainá disse...

Eu acredito que seremos humildes sim, o problema é se o planeta Terra vai estar vivo até lá concorda? E sim com 13 anos escrevia foram fases de depressão ;) logo mais escrevei poesias dos meus dias de hoje. Filho não dá paz haha.

Gabriela Domiciano disse...

não sei pq, as pessoas tem essa mania de quererem se achar melhores, seja pela raça, religião, classe social, enfim, triste isso!!! Há diferenças, mas q naum qrem dizer superioridade ou inferioridade, apenas diferenças!!!
=(

lua. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lua. disse...

adorei o post! Realmente, você falou tudo.
como uma vez bob marley disse, enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos. Ainda haverá guerra.

Parabéns!
Beijos.
http://milagredosnovostempos.blogspot.com/
(tá atualizado!!!)

Angela disse...

Indiquei você para um selo no meu blog. Dá uma passada lá pra ver!

* Patrícia Meirelles * disse...

Oieee!!
Salvo engano, já te passei o meu e-mail para as blogagens, mas como ando um pouco atarantada, não tenho certeza. Anota aí:
p-lubke@hotmail.com
Aguardo contato!
Bjsssssss

srtª Monjardim disse...

Eu participo de campanha antihomofóbicas, pois ultimamente o negro e o branco andam se entendendo, mas os gays e os heteros tem vários obstáculos em seu caminho. Bom, vim retribuir a visita, e gostei de saber q também odeia parentes! OIHEOIHEOIHE'

Nilson Vellazquez disse...

o ser humano é primitivo

Giane disse...

Oi, Ananda!

O que muita gente esquece é que o diferente não é "anormal": é só diferente.
E só.

Beijos mil!!!

André disse...

sua opiniao nao é inutil/ inutil sao outras coisas/abraços andreleite

L ! disse...

[ Belíssimas palavras, moça! ]

Apesar de ser uma triste e vergonhosa verdade, vc soube expor sua opinião com bastante clareza!

[ Quem dera todos pensassem assim! ]

Incrível, o fato do ser humano estar cada ve mais inteligente pra umas coisas, e tão 'primitivo', burro e ignorante pra outras!

¬¬'

' E o país do swing
É o país da contradição! '

[ Se aplica ao UNIVERSO! ]

t.t

P.S.: Obrigada pelos comentário deixado no meu BLOG, viu?
Fiquei imensamente feliz, por teres gostado tanto!

http://adytaness.blogspot.com/

[ Volte Sempre ]

=***

Dii disse...

http://dii-faces-whythugscry.blogspot.com/


Olhem pliz^^

Postar um comentário

Escrevo o que quero, sem medo de ouvir o que não quero.